Vale do Cávado
Abertura
Mapa do Concelho
Mapa da Cidade
Museus
Contatos
Início Região Concelhos Património Lazer Tradição Onde Comer Onde Dormir

Património Edificado

 

Forte de Esposende (ou de S. João Baptista): IIP, na Praça das Lampreias, junto à foz do rio Cávado. Edifício dos séculos XVII/XVIII, mandado construir por D. Pedro II, com o objetivo de defender a entrada do rio. Igreja Matriz: data do séc. XVI, embora tenha sido ampliada em 1896; destacam-se no interior altares em talha e um órgão de tubos. Igreja da Misericórdia de Esposende: IIP; destaque para a Capela do Senhor dos Mareantes, MN, no interior da igreja, pela sua talha e imaginária, dos séculos XVII/XVIII. Capela da Sra. da Saúde: construção de 1553, o atual edifício tem traça setecentista. Capela e Cruzeiro de S. João: a capela data do séc. XVII. Edifício da Câmara Municipal: edifício com caraterísticas setecentistas, com intervenções recentes. Edifício da Biblioteca: construção setecentista. Pelourinho de Esposende: IIP, antes de estar no local onde hoje se encontra, estava junto à Câmara Municipal. Foi totalmente restaurado no séc. XX.

 

Castro de São Lourenço: IIP, povoado fortificado da Idade do Ferro/época romana, Dólmen da Portelagem e Mamoa do Rapido: conjunto formado por três mamoas. Todos em Vila Chã. Castro e Capela dos Desamparados: junto ao castro e numa pequena elevação, encontra-se a capela, construída em inícios do século XIX. Em Palmeira de Faro. Capela de Nossa Senhora da Guia: em Belinho, no local onde se encontra a atual capela, do séc. XX, terá existido uma outra no séc. XVII. Menires de São Paio de Antas (em Antas) e de São Bartolomeu do Mar (em Mar): ambos IIP. Em Fão, encontram-se vários monumentos de interesse: o Cemitério Medieval, um dos maiores da Península Ibérica; o Facho e Capela da Bonança, local de devoção de pescadores e mareantes; o Templo do Bom Jesus, construção do séc. XVIII, onde se destacam as paredes cobertas de azulejos; a Igreja da Misericórdia, edifício renascentista, destacam-se os azulejos no seu interior e a talha barroca na capela-mor, e a Ponte D. Luís Filipe (IIP) entre Fão e Gandra, construída em 1888 é um exemplar significativo da arquitetura em ferro. Capela de Nossa Senhora do Lago: edifício do séc. XII, modificado no séc. XVIII e no séc. XX, em Gemeses; Capela de Nossa Senhora da Graça e Cruzeiro: pequeno templo de traça seiscentista, junto do qual se ergue o cruzeiro e Solar de Pregais: casa de arquitetura setecentista, ambos em Forjães.

 

Receba
as novidades
no seu e-mail
nome:
e-mail:
Vale do Minho Vale do Lima Vale do Cávado Vale do Ave e Terras de Basto
Contactos | Mapa do site
Copyright © 2008 A Nossa Terra. Todos os Direitos Reservados Desenvolvido por: Direnor