Vale do Ave e Terras de Basto
Abertura
Mapa do Concelho
Mapa da Cidade
Património Edificado da Cidade
Património Edificado do Concelho
Museus
Contatos
Abação (São Tomé)
Airão São João
Airão Santa Maria
Aldão
Arosa
Atães
Azurém
Balazar
Barco
Briteiros Salvador
Briteiros Santo Estêvão
Brito
Caldelas (Caldas das Taipas)
Calvos
Candoso São Martinho
Candoso Santiago
Castelões
Conde
Corvite
Costa
Creixomil
Donim
Fermentões
Figueiredo
Gandarela
Gémeos
Gominhães
Gonça
Gondar
Gondomar
Guardizela
Infantas
Leitões
Longos
Lordelo
Mascotelos
Mesão Frio
Moreira de Cónegos
Nespereira
Oleiros
Oliveira do Castelo
Pencelo
Pinheiro
Polvoreira
Ponte
Prazins Santa Eufémia
Prazins Santo Tirso
Rendufe
Ronfe
Sande São Clemente
Sande São Lourenço
Sande São Martinho
Sande Vila Nova
São Faustino
São Paio
São Sebastião
São Torcato
Selho São Cristóvão
Selho São Jorge (Pevidém)
Selho S. Lourenço
Serzedelo
Serzedo
Silvares
Souto São Salvador
Souto Santa Maria
Tabuadelo
Urgezes
Vermil
Início Região Concelhos Património Lazer Tradição Onde Comer Onde Dormir

BRITEIROS SANTA LEOCÁDIA
 
Memória Descritiva dos Símbolos Heráldicos
Coroa real - Refere-se à lenda da existência de um REI «Rei WAMBA», 30º Rei dos GODOS, (Século VI), que morava “junto a um lugar chamado Acitânia” tendo sido apontado pelo Papa S. Leão por Inspiração Divina.
Palmeira - É o atributo representativo da padroeira da freguesia – Santa Leocádia. Vai também ao encontro do antigo topónimo da freguesia, que até meados do Séc. XIV, se chamava: Santa Leocádia de Palmeira.
Fruto e raíz da palmeira - Significam a fertilidade das suas terras, e a suas características enquanto freguesia agrícola.
 
Caracterização e Síntese Histórica
A freguesia de Briteiros Santa Leocádia situa-se no norte limítrofe do concelho, a 12 quilómetros de Guimarães. Predominantemente rural, a actividade económica da freguesia está bastante distribuída, ocupando-se maioritariamente da agricultura e indústria. De todas as freguesias com o topónimo Briteiros, a de Santa Leocádia é a menos povoada, pese o facto de ser a que possui maior área. A povoação, deveras ancestral, comprovada pela proximidade da Citânia de Briteiros, administrativamente sempre esteve incluída no termo de Guimarães. Designava-se Santa Leocádia de Palmeira até meados do século XIV, sendo a sua padroeira, Santa Leocádia, natural de Oledo, Espanha. O topónimo Palmeira cairia posteriormente, visto que gerava confusão com outros lugares. Entre os séculos VII e X existia nesta terra um templo visigótico, tendo este funcionado também como centro religioso das Ordens Beneditina, dos Templários e dos Hospitaleiros, sempre em épocas distintas. A Igreja Paroquial, segundo registos das Inquirições de 1220, é anterior ao século XI e pertencia aos senhores da Honra, passando para posse dos Arcebispos de Braga no século XIV. Adjacente à porta travessa da Igreja, existiu uma sepultura referente ao Rei Wamba, rei godo do século VI. A capela da Senhora da Luz também motiva destaque, pois além de um válido relógio de sol, subsiste por baixo desta a “Fonte das Três Bicas”, com uma inscrição de 1767, que assinala o ritual dos Romeiros da Senhora da Luz, os quais ali iam lavar os olhos.
 
Património Cultural Imóvel
Igreja e Cruzeiro Paroquial, Capela de Nossa Senhora da Luz (com Relógio de Sol), Capela de Santa Ana, Cruzeiro de Nossa Senhora do Rosário, Cruzeiro de Nossa Senhora da Luz e Fonte das 3 Bicas.
 
Locais de Interesse Turístico
Fonte das 3 Bicas, Capela de N. Sr.ª da Luz (com Relógio de Sol) e Cruzeiros.
 
Filhos Ilustres da Terra
Manuel Teixeira – Benemérito (1914-1996)
 
Padroeiro
Santa Leocádia
 
Festividades
Santa Leocádia (11 de Novembro), Nossa Senhora da Luz (festejada no domingo depois da Páscoa) e Santa Ana (Julho).
 
Equipamento e Serviço Social
Sede da Junta de Freguesia, Escola Básica do 1º Ciclo (com Cantina Escolar), Jardim de Infância, Salão Paroquial, Casa Mortuária e Viaturas (9 lugares/trabalho).
 
Freguesia em Números
Área (i): 505,28ha
Abastecimento de Água - Rede Pública (ii): 95%
Saneamento Básico (ii): 80%
Iluminação Pública (ii): 95%
Transportes (ii): Arriva
Habitantes (iii): 819 (H-390 M-429) 
Eleitores (iv): 760 (H-387 M-373)
Alojamento (iii): 346                      
Famílias (iii): 263
Faixas Etárias (iii): 0/14-167 15/24-111 25/64-427 65 ou mais-114
Habilitações (iii): Nenhuma-199 Básico-547 Secundário-46 Superior-27
[Fontes: i. Câmara Municipal Guimarães; ii. Junta Freguesia; iii. INE Censos 2011; iv. DGAI]
 
Movimento Associativo
Corpo Nacional de Escutas – Agrupamento Nº 883
Telefone: 253 471 190     Fundação: 1974     Actividades: Escutismo e fanfarra
Este Agrupamento é um dos mais antigos grupos de intervenção cívica da freguesia. Com algumas dezenas de jovens envolvidos possuem uma fanfarra com cerca de 25 elementos, integrando esta alguns membros das Guias de Portugal. As actividades deste movimento são diversificadas, abrangendo o acampamento anual, os vários passeios de bicicleta, as visitas, os acantonamentos e a recolha de donativos para causas nobres. Destaca-se a Festa de Natal, pelo presépio movimentado associado à ceia com a oferenda de brinquedos e guloseimas às crianças.
 
Grupo Coral
Telefone: 966 055 191    
Fundação: 1982    
Actividades: Cântico litúrgico
Guias de Portugal
Telefone: 961 605 445    
Fundação: 1978    
Actividades: Guionismo
 
Pároco
João António Gomes da Cunha    
Telefone: 919 692 932
                                                          
Junta de Freguesia
Morada: Rua Alexandrina Moreira Marques, nº 34  
              4805-455 Briteiros Santa Leocádia
Coordenadas GPS: N 41º 31’20.88” / W 8º 20’32.54”
Telefone: 253 572 823
E-mail: geral@briteirossantaleocadia.pt
Site: www.briteirossantaleocadia.pt
Horário de Funcionamento: 2ª e 6ª feira 19h30-20h30
Presidente: Abílio Lima Freitas (5º mandato)
Secretário: José Maria Silva Gomes
Tesoureiro: Manuel Mendes Maia
Receba
as novidades
no seu e-mail
nome:
e-mail:
Vale do Minho Vale do Lima Vale do Cávado Vale do Ave e Terras de Basto
Contactos | Mapa do site
Copyright © 2008 A Nossa Terra. Todos os Direitos Reservados Desenvolvido por: Direnor